Greves de policiais, bombeiros e militares federais, Lei penal militar nas prerrogativas de função, Teoria do Cubo Impossível, As conseqüências jurídicas do crime militar, Regra dos 6 passos, Ação penal militar, Casal de militares, CPm e lei Maria da penha, Diferenças e semelhanças entre o Direito Penal Militar e o Comum e muito mais

https://direitopenalmilitarteoriacriticaepratica.wordpress.com/2015/07/26/ja-esgotou-nas-americanas-ainda-tem-nesses-com-grande-desconto-melhor-correr/

dpmlivro Obra de leitura fácil e fluida, aborda o direito penal militar brasileiro sem se limitar à aplicação de conceitos próprios do direito penal comum, mostrando diferenças e semelhanças entre ambos. Com certa dose de humor e ironia, a obra é densa e enfrenta temas relevantes para estudiosos, operadores do direito e concurseiros. Analisa os fundamentos do direito penal militar, passando pelo garantismo e pela broken windows theory, dissecando o conceito e a definição legal de crime militar, opinando sobre as tendências atuais do STF e sobre temas como: o casal de militares, Lei Maria da Penha, influência do dolo e da culpa no conceito de crime militar, crime militar estadual praticado por civil, PMs e bombeiros como agentes ativos e passivos de crime militar, além de revelar as dificuldades da definição de crime propriamente militar, lançando a “teoria do cubo impossível”. Ademais, contrapõe-se à doutrina que confunde competência com natureza de crime militar e explica o “estado de necessidade coativo”, a cooperação dolosamente distinta e, ainda, revela uma falha científica tocante à imputabilidade. Cuida da teoria da pena sob a forma e a nomenclatura modernamente usada na Europa: as consequências jurídicas do delito militar. Questiona o hibridismo indevido com o Código Penal e trata do chamado princípio da insignificância, inclusive solucionando a identificação da lesão levíssima por meio da “Regra dos 6 passos”. Critica a questão das “elementares ectoplásmicas” e cuida da problemática de greves e sindicalização de militares. Disseca a insubmissão e a deserção e os vários aspectos e polêmicas que as envolvem. Dá especial atenção à questão das drogas e discute sobre a aplicabilidade de dispositivos da chamada Lei dos Crimes Hediondos ao crime militar de tráfico de drogas. Mostra a hierarquia e a disciplina em sua natureza de garantias individuais para os civis e toda a sociedade. Por fim, o uso de quadros, tópicos e destaques facilita aos concurseiros o entendimento dos temas abordados.” Autor: ADRIANO ALVES-MARREIROS ET AL ISBN: 9788530957438 Publicação: 15/05/2015 Edição: 1|2015 Formato: 16 X 23 Páginas: 1480 Acabamento da capa: Capa Flexível

Conseqüências Jurídicas do Delito Militar, Greves de Militares, Teoria do Cubo Impossível, Estado de Necessidade Coativo, Falha científica sobre imputabilidade, Elementares ectoplásmicas, Casal de Militares, CPM e Maria da Penha, Teoria da Cegueira Deliberada e muitas outras abordagens inovadoras que solucionam problemas antigos…

Link de compra e a sinopse: abaixo…

https://direitopenalmilitarteoriacriticaepratica.wordpress.com/2015/09/12/superpromocao-nas-americanas-com-direito-penal-militar-teoria-critica-pratica-com-40-de-desconto/

dpmlivro“Obra de leitura fácil e fluida, aborda o direito penal militar brasileiro sem se limitar à aplicação de conceitos próprios do direito penal comum, mostrando diferenças e semelhanças entre ambos. Com certa dose de humor e ironia, a obra é densa e enfrenta temas relevantes para estudiosos, operadores do direito e concurseiros. Analisa os fundamentos do direito penal militar, passando pelo garantismo e pela broken windows theory, dissecando o conceito e a definição legal de crime militar, opinando sobre as tendências atuais do STF e sobre temas como: o casal de militares, Lei Maria da Penha, influência do dolo e da culpa no conceito de crime militar, crime militar estadual praticado por civil, PMs e bombeiros como agentes ativos e passivos de crime militar, além de revelar as dificuldades da definição de crime propriamente militar, lançando a “teoria do cubo impossível”. Ademais, contrapõe-se à doutrina que confunde competência com natureza de crime militar e explica o “estado de necessidade coativo”, a cooperação dolosamente distinta e, ainda, revela uma falha científica tocante à imputabilidade. Cuida da teoria da pena sob a forma e a nomenclatura modernamente usada na Europa: as consequências jurídicas do delito militar. Questiona o hibridismo indevido com o Código Penal e trata do chamado princípio da insignificância, inclusive solucionando a identificação da lesão levíssima por meio da “Regra dos 6 passos”. Critica a questão das “elementares ectoplásmicas” e cuida da problemática de greves e sindicalização de militares. Disseca a insubmissão e a deserção e os vários aspectos e polêmicas que as envolvem. Dá especial atenção à questão das drogas e discute sobre a aplicabilidade de dispositivos da chamada Lei dos Crimes Hediondos ao crime militar de tráfico de drogas. Mostra a hierarquia e a disciplina em sua natureza de garantias individuais para os civis e toda a sociedade. Por fim, o uso de quadros, tópicos e destaques facilita aos concurseiros o entendimento dos temas abordados.”

Autor: ADRIANO ALVES-MARREIROS ET AL
ISBN: 9788530957438
Publicação: 15/05/2015
Edição: 1|2015
Formato: 16 X 23
Páginas: 1480
Acabamento da capa: Capa Flexível

Já esgotou nas Americanas. Ainda tem nesses com grande DESCONTO: melhor correr!!!